Em 2002 tive meu primeiro contato com o universo musical, quando o DJ Bruno De Vicq me Convidou para conhecer a rotina De um DJ de festas particulares…

Iniciei minha jornada musical aos 16 anos como assistente do DJ Taw Aoad, em um aniversário temático na Sociedade Hípica do Rio De Janeiro, um evento minimamente planejado focado totalmente na experiência do cliente.

Em paralelo a minha jornada como DJ, seguia os estudos na PUC-RJ Na graduação em administração de empresas, formação que me ajudou e me ajuda a estruturar e organizar todos os meus projetos desde daquela época.

Sempre fui muito provocado positivamente pelos meus pais, me estimulavam a buscar coisas novas, conhecer culturas e pessoas diferentes.

Desenvolvi minha carreira internacional, com atuações como DJ em Vermont nos EUA E Brisbane na Austrália, foram temporadas em 2005, 2006 e 2008 atuando como DJ por muitos clubs e PUBs, isso me trouxe ainda mais experiência e bagagens diversificadas no âmbito musical. Em tempos em que a atividade do DJ não era considerada profissão, dividi A Housemix com nomes como Benny Benassi, Dirty South, Voodoo Childs e muitos outros…

E como sempre fui um profissional multitarefas, participei de um processo seletivo para estágio na empresa Shell Na área de RH, e acabei ficando por lá 06 anos, o amor por pessoas é algo muito forte em todas as atividades que eu realizo.

Mas, como uma pessoa multitarefas, em 2013, decidi ingressar em um novo e grandioso projeto, me dedicar exclusivamente a minha profissão como DJ, que já estava consolidada e reconhecida, e construir um espaço para eventos da Zona Sul do Rio, o EXC.RIO, um grande sonho que consegui tirar do papel e hoje o exc.rio é uma referência na cidade do Rio de Janeiro.

Como DJ tive participações marcantes em muitos locais, dentre eles Provocateur, Le Club E Oito, todos no Sul do País.

a experiência da

Pista de Dança

Um dos locais de destaque e de maior aprendizado para a minha jornada como DJ foi quando recebi o convite para comandar o Bagatelle RJ, um renomado restaurante Francês, quando chegou ao Jockey Club em 2015, foram inúmeras noites conduzindo os clientes por noites elegantes e muito animadas, conduzindo o estilo musical combinado aos momentos que eram servidos os jantares, bebidas e momentos especiais, de maneira um tanto quanto orquestrada.

E essa experiência influenciou diretamente na maneira que eu conduzo os eventos de casamento, de acordo com os momentos, estilos e pessoas, um verdadeiro laboratório para trazer sentido e significado musical para a pista de dança e para os anfitriões dos eventos.

Em 2017 decidi sair do Bagatelle para me dedicar e concentrar toda minha energia no projeto do EXC.RIO. Meus sócios e eu inauguramos o espaço em abril de 2018, e logo no primeiro ano recebemos mais de 100 mil pessoas nos mais diversos tipos de eventos, o EXC.RIO se tornou uma referência no mundo dos eventos do RJ.

Toda essa bagagem cultural e profissional me fez refletir melhor sobre o significado da pista de dança nos eventos como um todo. com a chegada da pandemia, mergulhei nos estudos para entender ainda melhor o efeito da música nas festas, e formalizei o meu método de trabalho. meu trabalho engloba a criação de uma experiência musical por toda a festa, de forma a conectar pessoas e permitir que cada um perceba sensações diferentes, e tudo carregado por uma energia única.


Pista de dança com significado é o que me move.

 

depoimentos

Quer receber
Uma proposta?

Todos os direitos reservados © 2021